Osteopatia – Dr. Alan Borges

Blog Single

20 set

Osteopatia

Criada no século XIX, é uma profissão da área da saúde que trata do ser humano de forma global e considera a doença como resultado de uma desigualdade entre as capacidades, recursos, respostas do indivíduo as necessidades e circunstâncias de sua vida.

O profissional que pratica a Osteopatia – o Osteopata – utiliza somente as mãos para realizar o diagnóstico osteopático e tratar de seus pacientes.

Com indicação, de uma forma geral, no tratamento das disfunções do corpo humano, principalmente mecânicas, onde ocorre uma alteração da função de alguma estrutura. Essa disfunção pode estar nos sistemas musculoesquelético, visceral e craniano.

Pessoas acometidas por dores de cabeça, dores cervicais, torácicas, lombares, ciatalgias, alterações funcionais respiratórias, digestivas, cólicas menstruais, lesões relacionadas ao trabalho e ao esporte, entre outras, podem consultar um Osteopata e se beneficiar de um tratamento manual não invasivo.

Inicialmente, o cuidado se concentra no levantamento dos dados e descoberta das causas que geram os sinais e sintomas no paciente, após isso, ocorre a intervenção sob as consequências. Isto significa dizer que a Osteopatia é uma abordagem sobre a causa e não somente sobre o sintoma, com intuito de restabelecer o paciente o mais rápido possível.

Por compreender que o corpo humano possui um sistema fundamental para a cura, cuja ação permite a autorregeneração e o restabelecimento das funções alteradas, a Osteopatia oferece uma abordagem singular do corpo humano, com eficácia comprovada.

Posts Relativos